Visita ao Ensaio da Orquestra Geração

No dia 17 de maio as crianças do Centro Social 6 de Maio, que integram o projeto Sementes OCP, tiveram a oportunidade de visitar a Orquestra Geração da Escola Pedro D´Orey da Cunha na Damaia.

A alegria das crianças foi vivenciada através da audição das diversas orquestras, bem como da exploração dos diferentes instrumentos.
Bem Haja a todos os que participaram na organização e concretização desta ação.

Dia de Maria (mãe de Jesus)

O Dia de homenagem a Maria teve dois momentos, de manhã as crianças participaram em ateliers onde fizeram um terço, aprenderam canções sobre Maria, viram um filme sobre a vida dos três pastorinhos, ilustraram desenhos sobre o Papa Francisco, Maria e os três Pastorinhos e fizeram desenhos livres muito bonitos. Num segundo momento, por volta das 16h00 decorreu a homenagem a Maria e aos três Pastorinhos, a Ir. Deolinda disse algumas palavras alusivas ao tema, houve momentos de oração, as crianças cantaram o “Bom Dia Maria”, cada sala deixou uma mensagem à mãe de Jesus; cantaram o “Quero Ser Como Tu Maria” e entregaram as ofertas (que cada sala fez). Esta foi uma homenagem simples mas sentida, relembramos que Maria está sempre presente na nossa escola e em todos os corações. Durante o mês de Maio a imagem da Nossa Senhora irá ficar no Centro Social rodeada das oferendas das crianças.

 

Comemoração do dia da Mãe 2017

No dia 5 de maio comemoramos o Dia da Mãe, esta é sempre uma comemoração muito especial.

Este encontro começou com um lanche no pátio, onde mães e filhos lancharam e conviveram, em seguida as mães pintaram as peças de um puzzle, que tinha desenhado uma mãe com os seus filhos e em simultâneo as mães tiraram fotografias com os respetivos filhos num cenário que era uma moldura. Posteriormente vamos expor no hall de entrada as fotografias. Quando foram para casa as crianças ainda tinham uma última surpresa, uma prendinha que eles fizeram. Foi uma tarde muito animada e cheia de afeto. 

22ª edição da Corrida Terry Fox!

No passado sábado associámo-nos à Liga Portuguesa Contra o Cancro na 22ª edição da Corrida Terry Fox!

Graças ao apoio de vários amigos participámos nesta atividade e assim conseguimos dar a nossa energia por esta causa tão importante!!

   

   

 

Experiência de quem vê nascer e vê morrer

As imagens das casas que se seguem são a expressão dum culminar duma etapa dum PROJETO, nascido em 1976, por iniciativa das Irmãs Missionárias Dominicanas do Rosário, tempo em que reinavam, em pleno, o entusiasmo, a inovação e o compromisso cristão, social e político, fruto do Concílio Vaticano II e do 25 de abril, em Portugal.

A casinha aqui apresentada expressa a realidade atual do que ainda resta do Bairro 6 de Maio, pois que os Bairros das Portas de Benfica, das Fontainhas, do Bairro Novo e da Estrela d África, campo da ação do referido PROJETO, já não existem. A casinha fotografada em vários ângulos, é a residência das Irmãs que aqui desejam viver até quando lhe seja permitido, não só para acompanhar o pequeno Grupo de Famílias, umas 70, que ainda aqui se encontram e que são, sem dúvida, as que , no momento, mais precisam, devido a circunstâncias várias e, ainda, para que a Câmara Municipal, decida quanto antes o que vai fazer do Centro Social 6 de Maio.

Chegadas a viver este momento o que se sente? O que se pensa? O que deseja?

Tantas coisas que te vêm à cabeça e, sobretudo ao coração, que não é fácil pô-las por escrito! Mas como se deseja, apenas, partilhar o essencial é preciso estar atenta para que a emoção e a parcialidade não o ofusquem.

-Olhando para trás, o que apetece dizer é: OBRIGADO SENHOR!

Obrigado por este lindo Projeto, tão bem concebido pelas primeiras Irmãs, pela população cabo-verdiana, na sua maioria, a chegar, na altura, em catadupa e pelos Voluntários e amigos.

Obrigado pelos que depois foram chegando, sobretudo guineenses e são-tomenses que enriqueceram a comunidade

Obrigado pela fidelidade das Irmãs que se seguiram até aos dias de hoje, pelos Colaboradores do Centro Social 6 de Maio, pelos Voluntários e Amigos que sempre desejaram ser fiéis aos princípios básicos que alicerçaram o Projeto.

Obrigado pelos inumeráveis subprojectos, ações, atividades, ajudas que constituíram a vida, em todas as áreas ( pastoral, educativa, social, cultural, familiar, política, festiva, jurídica, psicológica, etc.) destes 41 anos de presença e de trabalho. Muitas delas bem sucedidas e outras não tanto, mas que, no seu conjunto, mereceram o elogio e a admiração de muita gente, de muitos grupos e Instituições

Obrigado por sabermos que, gente sem fim que por aqui nasceu e viveu e que agora se encontra espalhada pelas mais diversas partes do mundo, ou de Portugal, sempre que tem oportunidade nos diz coisas do género: "Obrigado: o que eu sou, devo-o às Irmãs, ao Centro Social, aos Amigos, à vida que aqui vivi". Ou: " Eu estou bem onde agora me encontro, mas se pudesse voltava para o bairro. Tenho tantas saudades!" Ou, ainda: Abrir a camisa para nos mostrarem a tatuagem no peito, ou nas costas que diz: "amo o bairro 6 de maio". Outro exemplo: a organização dum primeiro Encontro, em Paris, no dia 6 de maio deste ano, para convívio das pessoas que foram destes Bairros e se encontram em França, Luxemburgo, Inglaterra e...

Como tem que ser grande o nosso OBRIGADO, meu Deus!

-Olhando o presente:

É tempo de saborear os frutos saborosos até agora amadurecidos e alguns dos quais foram mencionados.
É tempo de chorar o que não se conseguiu, pois muitas foram as pessoas dos Bairros que ficaram presas nos meandros das drogas, da delinquência, do fracasso, do analfabetismo, da ignorância, do fracasso profissional.
É tempo de sofrer e de ajudar, tudo o que se possa, as pessoas que ainda aqui se encontram com situações difíceis, ou porque, tendo direito a ser realojadas, estão indocumentadas, ou porque não têm direito por terem vindo para o bairro depois de 1993, altura em que se fez o realojamento.
É tempo de viver as preocupação, os medos, as inseguranças com as pessoas que estão a sair e que não gostam do sítio para onde vão, que se encontram com imensos problemas relativos às casas que compraram, etc., etc.
É tempo de desejar que esta realidade do bairro - que já não é Bairro, como dizem as próprias pessoas que ainda aqui se encontram - acabe quanto antes, devido à degradação do espaço, das casas, da lixeira que nos rodeia e, sobretudo, sobretudo, devido à degradação humana que está bem patente, diante dos nossos olhos, do nosso coração, devido às centenas e centenas - não sei se milhares - de toxicodependentes e traficantes de droga que dia e noite nos rodeiam e habitam os buracos, cubículos, que por todo o lado abundam, incluindo algumas partes da nossa própria casa.
É tempo de desejar, ansiosamente, que a Câmara nos diga com brevidade o que pensa sobre o futuro do Centro Social, sobretudo porque nos preocupam os cerca de 30 Colaboradores contratados que temos

-Olhando o futuro: Para o expressar não pode haver melhor escolha que a pintura da Ressurreição de Jesus, pintada pelo nosso Colaborador Nuno Remédio, que pela sua beleza e significado fala só por si. No entanto, direi que seria ótimo se tivéssemos uma Equipa de Irmãs Jovens, animadas, verdadeiramente missionárias, capazes de iniciar novos Projetos, dando continuidade a tudo o que já foi feito, mas com metodologias diferentes, uma vez que a população dispersa, está, ainda, mais aberta e sedenta!. Mas?!...Tudo CONFIAMOS nas Mãos de DEUS!

Comunidade das Irmãs da Venda Nova- Portugal

Filme sobre a Páscoa 2017

No dia 10 de abril as crianças da Creche e do Pré-escolar viram um filme que retratava a vida, a morte e a ressurreição de Jesus. Embora não seja um tema fácil de compreender, as crianças assistiram com entusiasmo ao filme para ver o que aconteceu na vida de Jesus.

Teatro - Grupo Carácter

No dia 10 de abril o Grupo de Teatro Carácter ofereceu às crianças e adolescentes um espetáculo que se intitulava “A invasão”. Foi um momento divertido e animado para terminar o dia. Agradecemos muito a generosidade para com as nossas crianças.

contactos

Contactos

tlf: +351 214 762 660
fax: +351 214 742 271
e-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Morada

Estrada Militar, nº 48
2700-588 Venda Nova
Amadora - Portugal

visitantes

Temos 41 visitantes e sem membros em linha

Contactos

Copyright © 2013 Centro Social 6 Maio.